10 reparações mais comuns na casa 🔧

A manutenção faz parte de qualquer casa. Neste artigo, mostramos-te os 10 arranjos mais comuns e algumas sugestões sobre como os resolver.
Jovem adulto repara prateleira em casa

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Na Casa

Artigo pela Equipa Na Casa | Website

«A tua casa merece». Esta pequena frase representa bem a nossa missão. O objetivo principal do Na Casa é dar-te o conhecimento necessário para cuidares da tua casa, para que esta se torne mais tua – mais pessoal, mais próxima de ti e mais fácil de gerir.

Neste artigo:

  1. Arrumação dos móveis
  2. Arranjar dobradiças das portas
  3. Ajustar fechaduras
  4. Reparar uma torneira a pingar
  5. Reparar uma luz intermitente
  6. Substituir uma lâmpada
  7. Reparar uma tomada elétrica
  8. Ajustar portas empenadas
  9. Remendar rachas na parede
  10. Ajustar prateleiras soltas

Uma casa precisa de manutenção constante. Estar responsável pelo cuidado de uma casa significa assegurar o seu bom funcionamento, e este bom funcionamento vai desde pequenos arranjos até intervenções mais laboriosas (que poderão exigir ajuda profissional).

O artigo de hoje foca-se em ajudar-te a dar resposta aos pequenos arranjos que uma casa necessita, de tempos em tempos. O tempo traz consigo o desgaste de materiais, seja qual for a qualidade dos mesmos. Claro que materiais de melhor qualidade irão durar mais tempo, mantendo-se funcionais,, mas até eles precisarão de pequenos ajustes de lés a lés. Assim, vamos ver os 10 arranjos mais comuns na casa e como lhes dar resposta.

Para estes arranjos, vais precisar de algumas ferramentas. Não percas o nosso artigo “12 ferramentas que deves ter em casa para reparações simples” que te dá uma lista completa das ferramentas essenciais a ter na tua mala de ferramentas em casa.

1 | Arrumação dos móveis

A casa e a sua arrumação muda conforme a vida muda. Uma casa é um local orgânico que se adapta ao estilo de vida e rotinas das pessoas que nela habitam. De vez em quando lá terás que pensar na disposição da mobília e se a maneira como tens as coisas está a funcionar para a dinâmica que tens na casa. Redecorar, neste caso, pensar na posição dos móveis requer pensar na maneira como usas a casa. Avalia se a tua casa está ajustada à maneira com a usas, e cuidado a mover móveis mais pesados!

2 | Arranjar dobradiças das portas

Duas coisas em relação a este ponto: apertar parafusos ou trocar dobradiças. As portas começam a ranger quando as dobradiças não estão como deveriam estar, seja por estarem com folga, seja pela dobradiça estar gasta. Isto pode levar a que tenhas que apertar alguns parafusos para que a porta pare de ranger, ou então trocar a dobradiça. Para trocar a dobradiça, remove a antiga e procura numa loja da especialidade por uma igual ou semelhante.

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

3 | Ajustar fechaduras

Vais reparar que, com o tempo, as fechaduras das portas mais usadas vão começar a não funcionar corretamente. Poderás sentir dificuldade em fechar a porta, ou sentir que a fechadura está com folga. Quando isto acontecer, poderás ter que lhes dar um pequeno ajuste para que funcionem corretamente. Isto pode passar por: lubrificar a fechadura; substituir peças danificadas ou realinhar a própria fechadura de forma a que a lingueta e o trinco batam certo com a ranhura onde se inserem. No caso de uma maçaneta com folga, uma substituição da mola interna pode ser necessária.

Ilustração explicativa das partes internas de uma fechadura.

4 | Reparar uma torneira a pingar

Uma torneira a pingar é um pequeno problema comum na casa. Ela pode estar mal fechada, por isso começa por verificar o básico. Se ela continua a pingar fechada, terás que tentar outras alternativas. Desde desmontar a torneira e substituir peças desgastadas até outras soluções mais elaboradas, arranjar uma torneira a pingar é um arranjo comum que é bom saber resolver.

5 | Reparar uma luz intermitente

O funcionamento adequado da iluminação é um ponto importante na gestão doméstica. No caso de uma luz intermitente, por vezes, um pequeno ajuste pode resolver a situação, pois ela fica intermitente por mau contacto. Caso isso não resolva, a substituição da lâmpada pode ser necessária. Em último caso, pode ser preciso rever a instalação elétrica para perceber porque aquela lâmpada está a piscar.

6 | Substituir uma lâmpada

Esta tarefa é comum e todos sabemos como fazer. Quisemos incluí-la nesta lista pois faz, sem dúvida, parte dos arranjos mais comuns na casa. É uma boa ideia teres sempre duas ou três lâmpadas de substituição na tua despensa. Verifica quais são as lâmpadas que tens em casa e compra algumas para reserva. Assim, vais conseguir substituir uma lâmpada mal ela funda. Podes fazer isto, pelo menos, para as lâmpadas em zonas mais importantes onde é preciso luz, como divisões ou áreas de leitura ou estudo, cozinha e sala de estar.

Homem a reparar uma tomada elétrica em casa. Reparar uma tomada elétrica é uma das reparações mais comuns na casa.

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

7 | Reparar uma tomada elétrica

A eletricidade é uma parte importante da casa e a sua manutenção e cuidado contínuo é importante para garantir o bom funcionamento. Se uma tomada elétrica está a dar problemas ou deixou de funcionar, é preciso desligar a luz no quadro e verificar as conexões elétricas dessa tomada. Coisas como a conexão dos fios, substituição da tomada danificada (peça) ou ajustar o aperto/posição da mesma na parede são opções para tentar resolver o problema de uma tomada elétrica que necessita de reparação.

8 | Ajustar portas empenadas

Com o uso diário, é natural que ao fim de alguns anos uma porta ou outra comece a ficar um pouco empenada e com falta de suavidade tanto na abertura como no fecho. Se isto acontecer, deves verificar as dobradiças e perceber se estão gastas. Se sim, uma substituição das dobradiças pode resolver a questão. Se não, um pequeno ajuste das mesmas pode ser o arranjo indicado, sem necessidade da substituição das peças. Em adição a estes passos, podes também verificar se é necessário lixar a borda da porta ou verificar se o batente da fechadura está obstruído. Todos estes arranjos/ajustes permitem-te certificar que tens uma porta que abre e fecha normalmente.

9 | Remendar rachas na parede

A melhor solução para buracos ou rachas na parede (dependendo da dimensão dos mesmos) é o uso de massa para preenchimento, lixando depois a superfície para a deixar plana e pintar da mesma cor. No caso de um buraco de dimensões consideráveis, é necessário o uso de drywall e aplicação de massa em maior volume, com diversas camadas, para reparar a parede.

Imagem: Pixabay

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

10 | Ajustar prateleiras soltas

No número 10 deste nosso breve resumo dos arranjos mais comuns estão as prateleiras soltas. Com o tempo (e o peso em cima da prateleira) os pontos de suporte da prateleira podem ganhar alguma folga. Este arranjo é muito simple e no caso do suporte de fixação da prateleira estar solto, podes ajustar o aperto dos parafusos para corrigir o problema. Em último caso, podes ter que substituir a peça de suporte, caso esteja muito gasta.

Verifica também as buchas para garantir que a própria peça de fixação está fixa na superfície. Com o tempo, especialmente se forem prateleiras fixas em, por exemplo, aglomerado, este vai-se desgastando com o tempo, fazendo com que o suporte de fixação fique solto, resultando numa prateleira instável. 

As 10 reparações mais comuns na casa

E chegamos ao fim da nossa lista. Tentamos que ela fosse um breve resumo dos arranjos mais comuns para ficares informado no nível de preparação que tens que ter para arranjar estes pequenos problemas na tua casa. Assim, não necessitas de esperar por apoio profissional (pois, muitas vezes, nem é necessário). Saber lidar com estas pequenas situações poupa tempo, dinheiro e dores de cabeça.

No entanto, lembra-te que para reparações mais perigosas ou complexas, precisas sempre de apoio profissional. Avalia o teu nível de capacidade e tenta jogar pelo seguro, pois uma intervenção não profissional num problema grave pode resultar em acidente, danos adicionais e consequentemente maiores despesas. 

Dito isto, nestes pequenos arranjos, com um pouco de treino, tentativa-erro e as ferramentas certas, certamente não terás problemas e consegues resolver as situações de arranjo mais comuns.

Boas reparações!

Este artigo foi útil?
SimNão

ANÚNCIOS

Últimos artigos

Partilha este artigo

📧 Subscreve a nossa newsletter

Uma gestão doméstica mais fácil com estas dicas gratuitas na tua caixa de e-mail. Sem spam!

ANÚNCIOS

Categorias:

Mais artigos

ANÚNCIOS