Como regar plantas em vasos: tudo o que precisas saber

Para que as tuas plantas se mantenham sempre saudáveis é importante saber como regá-las nos seus vasos. Este artigo irá ajudar-te a perceber quando e como regares as tuas plantas em vaso.
Mulher rega plantas em vasos no interior da casa

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Na Casa

Artigo pela Equipa Na Casa | Website

«A tua casa merece». Esta pequena frase representa bem a nossa missão. O objetivo principal do Na Casa é dar-te o conhecimento necessário para cuidares da tua casa, para que esta se torne mais tua – mais pessoal, mais próxima de ti e mais fácil de gerir.

Assim que ganhares um pouco de experiência: perceber quando regar as plantas e quanta água usar, torna-se intuitivo. No entanto, até lá, tentar perceber estes dois aspetos pode tornar-se frustrante. A causa mais comum da morte das plantas é, geralmente, o uso de água a mais ao regar. Felizmente, com estas dicas, saberás como regar as tuas plantas em vasos e deixá-las super felizes!

Usa vasos com orifícios no fundo

Para plantas com vaso, certifica-te que o vaso tem um buraco para drenagem no fundo. A drenagem é essencial para raízes saudáveis, e estas são essenciais para plantas felizes!
Vasos que não possuem um buraco para drenagem fazem com que o uso excessivo de água se torne mais fácil. Se o teu vaso atual não tem furo, pondera mudar de vaso para um com furo.

Esquece o horário, verifica a planta

Em vez de regares num horário fixo, primeiro verifica se a planta precisa de água.
Se a planta está num vaso, verifica a superfície do solo, olhando ou tocando com os dedos. O solo molhado tem uma cor escura, enquanto que o solo seco tem uma cor clara. Nos solos mais usados, o castanho escuro/preto significa que o solo está molhado, enquanto que a cor “papel kraft” (castanho claro, esbatido) significa que o solo está seco. Poderás ter que verificar a planta duas vezes por dia e recorda-te: só porque uma planta precisa de água, não significa que todas precisam. Diferenças no tipo de vaso e no tamanho da planta irão afetar a velocidade de secagem do solo.

Humedece a zona de raízes inteira

Quando regares certifica-te que humedeces as raízes por inteiro. Por outras palavras, rega até que a água saia pelo buraco de drenagem no fundo do vaso. Ou seja, poderás necessitar de 2,8 a 3,7 litros de água para regar por completo um vaso de 25 a 30 centímetros.
Regar a zona de raízes é importante, pois encoraja as raízes a crescerem até ao fundo do vaso. Evita pôr apenas um copo de água, isto fará com que as raízes não cresçam por inteiro. E também porque se regares por inteiro, não terás que regar tantas vezes.

Não deixes o vaso/planta a “marinar”

Este excesso de água é a razão mais comum para a morte das plantas. Não deixes que o fundo fique cheio de água. Permite que o excesso de água seja drenado. Se aprenderes corretamente com que quantidade regar plantas em vasos, não precisas de regar com tanta frequência.

Evita regar à noite

É recomendado que não regues as plantas à noite. Se regares muito tarde no dia, a folhagem tenderá a ficar humida a noite toda. Folhagem molhada à noite é propícia ao desenvolvimento de doenças. Se a planta não está a murchar e já passa das 18:30, é recomendável que esperes até de manhã para regares a planta. Se a planta está muito seca, então rega – a necessidade de água da planta é mais importante do que as hipóteses de apanhar uma doença.

Outras dicas importantes

Deixamos-te uma lista de aspetos importantes a ter em conta no que toca a regar plantas em vasos:

  • No início da Primavera, poderás ter que regar apenas de 3 em 3 ou 4 em 4 dias;
  • À medida que a planta cresce e os níveis de mercúrio aumentam, prepara-te para regar todos os dias (em vasos pequenos, talvez até duas vezes por dia);
  • Se preferes regar menos vezes, usa vasos maiores. Mais volume de solo significa mais água reservada no vaso. Mais água significa regar menos vezes;
  • Existem aditivos que podem ser adicionados ao solo para que este retenha mais água. Isto pode ser útil em verões longos e secos. Cuidado, no entanto, para não regares com água a mais na Primavera.

A terra secou excessivamente e a planta está a murchar

Caso a planta esteja a murchar, e o vaso extremamente seco, será necessário mais do que uma rega normal para salvar a terra e a planta.
Se quando regas a água parece acumular-se nos lados do vaso, poderás ter que voltar a hidratar o solo. Enche uma bacia (ou outro recipiente) com água e coloca lá dentro o vaso com este quase coberto, até que o solo se expanda. Depois, poderás regar novamente.

Em conclusão

Este método de rega e dicas neste artigo serão bons guias para a maioria das plantas em vaso. Existem tipos de plantas que preferem solos mais secos e outras que preferem mais molhados. Ainda assim, estas dicas aplicam-se certamente à maioria das plantas e irão ser úteis no momento de regares as tuas plantas em vaso.

Este artigo foi útil?
SimNão

ANÚNCIOS

Últimos artigos

Partilha este artigo

📧 Subscreve a nossa newsletter

Uma gestão doméstica mais fácil com estas dicas gratuitas na tua caixa de e-mail. Sem spam!

ANÚNCIOS

Categorias:

Mais artigos

ANÚNCIOS