Segurança: Explicar o 112 a crianças

As crianças também jogam o seu papel na segurança doméstica. Hoje, vemos como podemos explicar o 112 de forma a que uma criança compreenda e possa chamar ajuda quando necessário.

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

António Pinho. António Ribeiro Pinho.

António Pinho

Na Casa | Website

Designer apaixonado pelo marketing digital. Copywriter aqui pelo Na Casa. O meu contributo passa pela criação de artigos nas várias categorias. O estudo rigoroso dos tópicos permite-me partilhar informação fidedigna nos artigos, sempre pronto a aprender mais.

Como vimos no artigo que explica a importância de um plano de emergência familiar, as crianças podem jogar um papel importante na segurança da casa. Para garantir que uma criança compreende a importância do número de emergência 112, devemos explicar-lhe de forma direta, simples e clara. É importante notar que uma criança consegue compreender a necessidade de apoio a alguém em certas circunstâncias de emergência, e que será mais fácil obter essa ajuda ligando para o número 112.

Boas maneiras de explicar o 112 a uma criança

Vamos rever algumas boas maneiras de explicar o 112 a uma criança, de forma a que esta possa ser útil em momentos de emergência e chamar ajuda.

Explicar bem quando ligar para o 112

Primeiro, devemos explicar que o 112 é um número muito importante e especial, e que só deve ser usado em situações de emergência. Depois, temos que nomear algumas dessas situações de emergência: quando alguém está gravemente ferido, quando há um incêndio ou quando alguém precisa de ajuda médica muito rapidamente. Estas situações são muito especiais e não devemos ligar o número por mais razão nenhuma.

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O sentido de emergência

O 112 é um número mágico, quando ligamos para ele, pessoas especiais estão do outro lado da linha para nos ajudar. Mas elas só podem ser chamadas em situações de emergência. O 112 é um número muito importante. A chamada especial só acontece quando alguém está em verdadeiro perigo e precisa de socorro. Se nós conseguirmos resolver o problema ou situação, não ligamos para o 112.

Pai explica a filho a importância do 112
Devemos explicar que o 112 é um número especial, muito importante, para situações de emergência – Imagem de Freepik

Quem está do outro lado da linha?

Quando ligamos para o número 112, do outro lado da linha estão polícias, bombeiros e socorristas. Estas pessoas são chamadas em situações muito importantes. Temos que ter cuidado para não assustar a criança com a explicação. Não queremos que ela fique com medos ao imaginar uma pessoa a entrar em casa e a roubar, ou situações muito graves e de grande emergência de saúde. Mas queremos dar-lhe a entender o que é o 112, para que possamos dar-lhe a indicação de ligar para o número especial, ou a criança perceba bem quando deve ligar (p.e. em caso de incêndio) caso não consigamos dar-lhe indicação.

O 112 é um número muito sério. Não é para brincar!

Devemos explicar à criança que outras pessoas como nós também usam o 112. E essas pessoas também precisam da ajuda das pessoas especiais do 112. Portanto, não é um número para onde ligamos na brincadeira, porque vamos estar a impedir as outras pessoas de ter ajuda. Só ligamos quando é mesmo muito preciso, e os outros também ligam quando é muito preciso!

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Quem deve ligar?

É importante que a criança perceba que pode ligar nessas situações de emergência, mas que só deve ligar se um adulto não conseguir. A criança não pode ficar com a ideia de que é responsabilidade dela ligar. Explicamos que: se o pai ou a mãe não estiverem, e ocorrer uma emergência, com um incêndio ou algo de errado estiver a acontecer, ela pode ligar. Mas se estiver um adulto, a criança reparar algo errado, deve dizer ao adulto e o adulto liga para o 112.

Exemplos simples de quando ligar

É importante dar alguns exemplos simples à criança. Incêndios, ferimentos graves, falta de responsividade/inconsciência, etc. Depois, mostramos à criança como marcar o número no telemóvel. É importante também que a criança memorize o número. Nos nossos smartphones, no ecrã de desbloqueio, onde inserimos o código ou impressão digital, temos um botão. Esse botão, dependendo da marca, diz “Chamada de Emergência” ou “Emergência”. Devemos ensinar a criança a aceder a esse ecrã e realizar a chamada, pressionando o botão – seguindo claro, os critérios de que só deve fazê-lo quando realmente necessário, como vimos.

Estes são alguns pontos importantes que deves ter em mente quando for momento de explicar o 112 a uma criança. É importante adaptar a explicação à idade da criança e usar exemplos práticos, do dia a dia, para comunicar esta importância do 112.

Com esta explicação, garantimos que a criança é uma mais valia na segurança doméstica, capaz de intervir e apoiar um adulto em caso de necessidade.

Este artigo foi útil?
SimNão

ANÚNCIOS

Últimos artigos

Partilha este artigo

📧 Subscreve a nossa newsletter

Uma gestão doméstica mais fácil com estas dicas gratuitas na tua caixa de e-mail. Sem spam!

ANÚNCIOS

Categorias:

Mais artigos

ANÚNCIOS