Gato sozinho em casa: cuidados a ter

Quando os nossos gatos estão sozinhos em casa, devemos tomar algumas precauções para que eles fiquem seguros. Neste artigo vemos algumas indicações úteis sobre o que fazer.
O que fazer se o gato vai ficar sozinho em casa durante algum tempo

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Na Casa

Artigo pela Equipa Na Casa | Website

«A tua casa merece». Esta pequena frase representa bem a nossa missão. O objetivo principal do Na Casa é dar-te o conhecimento necessário para cuidares da tua casa, para que esta se torne mais tua – mais pessoal, mais próxima de ti e mais fácil de gerir.

O meu gato vai ficar sozinho em casa. Que cuidados devo ter?

Se o teu gato vai ficar durante algum tempo em casa, deves tomar certas precauções para que ele esteja seguro e bem cuidado.

A maioria dos gatos não devem estar sozinhos mais do que 8 a 12 horas (dependendo das necessidades do teu gato em específico), e se deixares por mais de 12 horas, considera ter alguém de confiança que possa visitar o teu animal de estimação e cuidar dele.

Cuidados a ter quando o gato está sozinho em casa

Desde alimentação a um espaço seguro, há certos cuidados a ter.

1. Deixar a caixa de areia limpa

Essencial para o conforto do animal, manter a caixa de areia limpa é garantir a higiene, tanto do animal como da casa em si.

Deixa comida e água ao teu gato para que este se sinta confortável e se possa manter bem alimentado e hidratado.

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

2. Deixar sempre comida e água

Para maiores períodos de tempo, um bebedouro e comedouro automáticos são recomendados. Para períodos mais curtos, basta deixar alguma comida e água fresca para o animal ter acesso durante o período que vais estar ausente de casa.

3. Brinquedos

Os gatos também se entediam! Para que o teu gato se consiga entreter durante o período da tua ausência, deixa-lhe alguns brinquedos. A atividade física e a ocupação mental do animal também ajuda a reduzir o stress da ausência e mudança de rotina.

4. Manter o espaço seguro

Como o teu gato vai ficar sem supervisão durante algum período de tempo, certifica-te de que o espaço onde o gato vai estar está livre de objetos perigosos, plantas tóxicas ou coisas como fios elétricos expostos. É importante verificares a segurança do espaço, removendo tudo o que possa ser engolido ou mastigado pelo teu gato.

5. Luz e ventilação

O espaço onde o gato vai ficar deve ter luz adequada, bem com ventilação que permita a circulação de ar. Deves evitar o ar rarefeito e divisões muito pouco iluminadas para garantir o bem estar do teu gato.

Cuidado com as janelas e varandas de tua casa se o teu gato ficar sozinho pois ele pode fugir.

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

6. Cuidado com janelas e varandas

Os gatos podem ser atraídos por distrações (como pássaros) para o exterior da casa, possibilitando assim a sua fuga. Tem cuidado com as janelas e varandas de casa, de forma a impedir que o animal saia sem tu quereres.

7. Emergências

Para o caso de estares fora durante um tempo maior, deixa o contacto do veterinário do gato e informação sobre necessidades específicas do animal. Também deves avisar alguém de confiança de que vais estar ausente, para que essa pessoa possa prestar maior atenção.

8. Lugares de descanso

Não te esqueças de deixar pela divisão alguns locais de descanso, como uma cama, para que o gato se possa deitar e descansar.

Uma brincadeira antes de sair

Ter um gato em casa traz benefícios à saúde mental. Mas nós também podemos dar benefícios à saúde mental do nosso gato. Para que o gato possa descontrair e divertir-se um pouco, brinca com ele antes de saires. Ele vai ficar mais relaxado e confortável, e ter um pequeno momento de diversão ajuda a combater o tempo mais aborrecido que ficará sozinho.

Pet Sitter: um opção viável

Se realmente vais estar fora durante um período prolongado, considera procurar e encontrar um pet sitter de confiança para que possa visitar e cuidar do teu gato devidamente enquanto estás ausente!

Conhecer o nosso gato

Ninguém melhor do que nós conhece o nosso animal. Tenta perceber como se comporta o teu gato quando te ausentas durante um período de tempo, e assim vais saber melhor o que o teu gato em específico necessita.

Se o animal tiver cuidados de saúde especiais, deves ter isso em conta. Também deves passar essa informação à pessoa de confiança que ficará responsável durante a tua ausência, ou à pet sitter.

O teu gato merece o melhor cuidado e é importante garantir que ele está feliz e saudável enquanto está sozinho em casa!

Este artigo foi útil?
SimNão

ANÚNCIOS

Últimos artigos

Partilha este artigo

📧 Subscreve a nossa newsletter

Uma gestão doméstica mais fácil com estas dicas gratuitas na tua caixa de e-mail. Sem spam!

ANÚNCIOS

Categorias:

Mais artigos

ANÚNCIOS