Motivos para a tua casa parecer desorganizada

Muitas vezes, os motivos para a tua casa parecer desorganizada são fáceis de contornar. A verdade é que com a correria do dia-a-dia esquecemo-nos de pormenores importantes que podem fazer a diferença.
Cama por fazer

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Na Casa

Artigo pela Equipa Na Casa | Website

«A tua casa merece». Esta pequena frase representa bem a nossa missão. O objetivo principal do Na Casa é dar-te o conhecimento necessário para cuidares da tua casa, para que esta se torne mais tua – mais pessoal, mais próxima de ti e mais fácil de gerir.

Uma casa desorganizada é mais do que uma “chatice” de limpeza. Ela reduz a qualidade de vida que podíamos ter e cria uma confusão visual que é facilmente evitável.

Porque devemos organizar a nossa casa?

A organização e limpeza do nosso espaço doméstico merece a nossa maior atenção. É um daqueles grandes tópicos na nossa casa, tal como a segurança. Não apenas pela importância estética, mas também porque “uma casa organizada é um espírito organizado”. O que queremos dizer com isto? Por exemplo, várias opiniões de profissionais de medicina do sono mostram o impacto que a higiene e a organização do quarto têm na qualidade do nosso sono, e na facilidade de adormecer. O mesmo acontece com a nossa sensação de tranquilidade numa sala.

Mas, antes de “curarmos o problema”, precisamos de perceber exatamente o que se passa. Precisamos de perceber onde está a causa desta desorganização permanente na minha casa?

Neste artigo, elaboramos uma lista de alguns principais motivos para a tua casa parecer desorganizada e como evitá-los.

Demasiadas peças decorativas

Quantas vezes exageramos na decoração e nem nos apercebemos? Aquelas pequenas peças que compramos para preencher um espaço e acabam por saturar a decoração toda. O excesso de artigos sobre as mesas, bancadas e armários causam ruído visual.

Em suma: mais é menos. Quanto menos peças de decoração tiveres, mais airoso e clean vai parecer o espaço. Por outro lado, também facilitará a limpeza e organização da casa.

Quando estiveres a planear a decoração, tenta pensar em uma ou duas peças únicas e destacadas por divisão, ao invés de imensas peças (vasos, esculturas, arranjos, velas). Assim, reduzes o número de itens decorativos e aumentas a qualidade, pois poderás usar o dinheiro para uma peça mais cara, que se destaca, sem criar demasiado ruído visual. Como em tanta coisa, o equilíbrio é fundamental.

Fios e cabos

Este é um dos grandes motivos para a desorganização. Até parece que não temos demasiados cabos e fios, mas quando observamos com mais atenção, eles estão por todo o lado. Perturbam a harmonia da casa, causam confusão e, além disso, são perigosos.

Atualmente, já existem organizadores e tomadas específicas para esse fim:

A organização dos cabos, embora mais prevalente no escritório, acaba por se aplicar a toda à casa. Com a quantidade de dispositivos móveis (como smartphones e tablets) que temos hoje em dia, há sempre um carregador ou outro em qualquer lado. Estes pequenos itens organizadores permitem-nos reduzir o ruído visual que a permanência constante de cabos cria.
Outra opção é, sempre que possível, guardar os carregadores quando não os estás a usar.

Coisas como cabos de impressora ou cabos USB, no entanto, não é prático guardá-los, portanto mantê-los organizados é a melhor opção. Um suporte como o do exemplo da segunda imagem acaba até por impedir que os cabos e as saídas se danifiquem por estarem caídos no chão.

Bancada da cozinha

Não importa o quão limpa a tua bancada da cozinha esteja, ela vai parecer sempre desorganizada se tiveres coisas na superfície. Ainda que penses que usas e precisas de tudo o que está na tua bancada, a verdade é que provavelmente não precisas e muitas dessas coisas podiam estar guardadas.

Aliás, a maior parte dos artigos que estão ali vais utilizar poucas vezes. Por exemplo, a liquidificadora, a torradeira, a cafeteira, etc. Mesmo o próprio escorredor de loiça deve ser arrumado depois de cumprir a função.

Vais reparar que ao guardares as coisas que não necessitas, a tua cozinha vai parecer instantaneamente mais organizada, contribuindo até para uma maior sensação de limpeza e preservação dos equipamentos de cozinha.

Itens sem lugar específico

Primeiro, todos os teus objetos que não são decorativos, devem ter um espaço específico para arrumar. Temos por hábito ter coisas espalhadas pela casa porque não sabemos onde as colocar. Para evitares que a tua casa pareça desorganizada, deves ter um espaço para cada objeto. Isto é, até para as chaves do carro e para o porta-moedas, assim que chegas a casa.

Mobiliário inadequado

Evita mobiliário que é demasiado pequeno ou demasiado grande para a divisão. É sempre ideal ter em mente a escala da divisão para evitar o uso de mobiliário inadequado. Ao usares móveis muito grandes ou muito pequenos para aquele espaço, estarás a contribuir para uma sensação de desequilíbrio na divisão, que se traduz numa sensação de desorganização.

Como consegues perceber se o mobiliário é adequado? Começa a análise avaliando o espaço que tens para te movimentar. Se te conseguires movimentar bem, sem te desviares de móveis ou peças decorativas, é um sinal de que a mobília está bem posicionada e não é demasiado grande (sendo que este problema é mais comum do que mobília demasiado pequena).

A organização é mais do que uma tarefa

É fácil sentirmos que em casa temos que estar sempre a por as coisas no sítio. Mas esta sensação pode ser contrariada com um pouco de planeamento! A organização é, acima de tudo, um hábito. Ao pararmos e definirmos onde queremos as coisas e como queremos as coisas, torna-se mais fácil manter tudo organizado.

Este artigo foi útil?
SimNão

ANÚNCIOS

Últimos artigos

Partilha este artigo

📧 Subscreve a nossa newsletter

Uma gestão doméstica mais fácil com estas dicas gratuitas na tua caixa de e-mail. Sem spam!

ANÚNCIOS

Categorias:

Mais artigos

ANÚNCIOS