📣 Novidade! Agora somos Pinhos Armazém Agrícola. Alguns artigos poderão ser reencaminhados para o novo website

10 maneiras de poupar dinheiro na cozinha

Sabemos bem a importancia de poupar nos dias que correm. É por isso que escrevemos este artigo com algumas ideias para poupar dinheiro na cozinha.
Poupa mais dinheiro na cozinha com estas dicas úteis

ARTIGO CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Na Casa

Artigo pela Equipa Na Casa | Website

«A tua casa merece». Esta pequena frase representa bem a nossa missão. O objetivo principal do Na Casa é dar-te o conhecimento necessário para cuidares da tua casa, para que esta se torne mais tua – mais pessoal, mais próxima de ti e mais fácil de gerir.

1. Planeia as refeições antecipadamente

Tira um pouco de tempo todas as semanas para planear por alto as refeições que vais preparar. Isto vai-te ajudar a reduzir significativamente a lista de compras. Também te irá ajudar a reduzir o número de compras desnecessárias. Esta prática é tão boa para a carteira como para o meio ambiente, reduzindo assim o consumo e o desperdício. Ter um planeamento semanal das refeições também te ajuda a reduz a tentação de encomendar comida ou ir comer fora.

2. Aproveitar as sobras

É sempre possível aquecer a comida mais uma vez, por isso, podes aproveitar, por exemplo, um acompanhamento que sobre de um dia para o outro. Isto depende claro do tipo de acompanhamento que estivermos a falar, e aqui falamos apenas do que consegues aproveitar. Mantém sempre as sobras com o menor contacto com o ar possível, não aqueças nada mais do que uma vez (por exemplo sopa), e lembra-te de guardar as sobras devidamente.

3. Reutilizar restos que ficaram ao cozinhar

Muitos restos geram-se durante o processo de cozinhar e podem ser reutilizados para diferentes receitas. Por exemplo, podes usar restos de vegetais ou ossos de frango para fazer caldo de carne e caldo caseiro. 

Algumas outras formas de reutilizar o excedente de cozinhar é transformar pão menos fresco em croutons para salada e usar bananas demasiado maduras para fazer pão de banana. Procura formas de utilizar alimentos que de outra forma iriam para desperdiçar. Existem muitas receitas online para aproveitar estes restos de comida, bem como receitas sem desperdício alimentar.

4. Fazer molhos e condimentos caseiros

A compra de molhos e condimentos (coisas comuns como mostarda e ketchup) podem rapidamente acumular despesa sem darmos conta. Para além do peso na carteira, pagamos também um preço ambiental, pois estes produtos tendem a ser embalados em embalagens de plástico (podemos reduzir o impacto através da reciclagem e separação do lixo).

Em vez de comprar estes produtos no supermercado, com um pouco de tempo podemos fazê-los em casa. A maionese com ovos caseiros é divinal, por exemplo! Existem muitas receitas online que irás gostar. Poupa na carteira sem teres que sacrificar nenhum dos teus molhos preferidos.

5. Lavar a loiça: à mão ou na máquina?

Já analisamos aqui no NaCasa qual destas práticas é a mais amiga do ambiente. Devo lavar a loiça à mão ou na máquina? A resposta é: depende.

Ambas podem ser práticas sustentáveis se feitas corretamente e aplicadas à situação certa. Para perceberes melhor, consulta o nosso artigo que analisa a questão da maneira mais sustentável de lavar a loiça (tanto para o ambiente, como para a carteira)

Mulher feliz na cozinha a usar dicas para poupar na cozinha
Planear as refeições (e as compras), pratos com sobras e molhos caseiros, trazem poupança na cozinha!

6. Muito quente? Não coloques no frigorífico

A energia que o frigorífico tem que usar para reduzir o calor de, por exemplo, um tacho com sopa acabada de fazer, faz com que dispare o consumo energético do aparelho – o que representa uma fatura mais pesada no final do mês.

A energia ótima para um frigorífico é entre os 2ºC e os 5ºC, e quanto mais ele se mantiver nela melhor. A energia ótima de um congelador é entre os -18ºC.

No que toca ao congelador, verifica se o mesmo está limpo, principalmente se tiveres um modelo mais antigo. Limpar o congelador devidamente garante que o consumo energético do aparelho se mantém como indicado. Essa é uma da funções que a limpeza do frigorífico serve também.

7. Desliga os aparelhos que não estejas a usar

Pequenos aparelhos da cozinha, como cafeteiras e torradeiras, podem ser desligados. Apesar do consumo de uma ficha ligada não ser nada de grave, é sempre alguma ajuda e evita o desperdício que se causa de forma inútil. Podes aproveitar e guardar também estes aparelhos numa gaveta ou armário, criando assim menos ruído visual na cozinha e libertando espaço.

8. Evita usar papel de cozinha

O papel de cozinha é útil em muitos momentos, mas a redução do seu uso não só alivia a carteira (este papel consegue, ao fim do mês, representar uma despesa significativa na cozinha!). Por que não aproveitar velhos lençóis ou outros trapos não usados pela casa, recortar em pequenos pedaços e colocar um cestos com os mesmos na cozinha, para ir usando nas pequenas tarefas de limpeza? É uma boa ideia sustentável e evita o desperdício de papel e de dinheiro no mesmo.

9. Usa produtos naturais na limpeza

Já falamos vários vezes nas vantagens de limpar com produtos naturais

Uma delas é, sem dúvida, a poupança na carteira.

Existem muitas receitas com bicarbonato de sódio e amido de milho (apenas para dar dois exemplos) que cumprirão imensas funções de limpeza, desde balcões a aparelhos, entre outros. 

Estes ingredientes são muito mais amigos da carteira do que usar, por exemplo, um produto de supermercado para cada função (limpar placa, limpar forno/fogão, etc). Até mesmo limpar o microondas não exige produtos de supermercado.

Está na hora da super poupança nas limpezas!

10. Cria uma horta tua

Nada melhor do que alimentos biológicos, e com uma horta biológica, podes criar e consumir os teus próprios vegetais e legumes. Se sentires que tens inclinação (e algum tempo) para esta tarefa, é algo que devias ponderar. A tua dieta e a tua carteira vão agradecer!

Poupar na cozinha não é difícil

Como podes ver, a poupança nas pequenas coisas representa uma mudança significa nas faturas e nas despesas mensais que ocorrem na casa.

A cozinha é um bom local para poupar, deixando assim alguma folga orçamental para poupares ou para outras despesas onde seja muito mais difícil reduzir a conta.

Desde a limpeza até aos alimentos que consumimos, as despesas da cozinha dão-nos oportunidades boas tanto para aliviar a carteira como para aliviar o planeta do nosso impacto.

Este artigo foi útil?
SimNão

ANÚNCIOS

Últimos artigos

Partilha este artigo

📧 Subscreve a nossa newsletter

Uma gestão doméstica mais fácil com estas dicas gratuitas na tua caixa de e-mail. Sem spam!

ANÚNCIOS

Categorias:

Mais artigos

ANÚNCIOS